segunda-feira, 28 de maio de 2012

"Vale Saber": manguezais ludovicenses

São Luís, 28 de maio.
Por Paiva Silva

       Na estreia do nosso novo quadro, o “VALE SABER” _ um espaço semanal com descobertas e curiosidades_ trazemos como tema, os Manguezais Ludovicenses.
Foto: Arquivo Cermangue
            A ilha de São Luís-MA, perdeu aproximadamente 73% da área de manguezais em 22 anos (entre 1971 e 1993). As perdas foram quatro vezes mais velozes nos anos 90 do que nas décadas anteriores. As folhas de árvores do mangue vermelho servem de alimento para o caranguejo-uçá, consumido pela população do vilarejo de Parnauaçu e é em vendido nos mercados da cidade de São Luís. A retirada das árvores do manguezal, que são utilizadas por 80 % da população, para a construção de casas, extração de lenha, carvão e tanino, prejudica a vida dos caranguejos-uçá.
FONTE: Projeto de Conservação e Utilização Sustentável da Diversidade Biológica Brasileira _ PROBIO

sábado, 26 de maio de 2012

Veto de Dilma protege o manguezal

São Luís, 26 de maio.


            A presidente Dilma Rousseff anunciou na tarde desta sexta-feira doze vetos ao texto do Código Florestal, enviado ao Planalto há um mês pelo Congresso Nacional. Também serão feitas 32 modificações no documento, sendo que quatorze delas recuperam pontos do texto aprovado pelo Senado, antes da votação na Câmara, cinco são dispositivos novos e treze são itens alterados para ajuste. O governo enviará uma Medida Provisória (MP) com as modificações propostas para apreciação do Congresso Nacional. Caberá aos parlamentares votar o veto presidencial e as alterações.
            Um ponto importante vetado foi o dispositivo que previa que cada município definiria o seu próprio conceito de área de preservação permanente (APP), item considerado uma ameaça ao meio ambiente. “Está tudo protegido”, afirmou Izabella. Assim, tanto nas áreas rurais quanto nas urbanas, seguem protegidas as dunas, os manguezais e os topos de morro.
            A lista dos doze vetos não foi divulgada. Isso só será feito, de acordo com o advogado-geral da União, Luiz Inácio Adams, na segunda-feira, quando o documento for publicado no Diário Oficial da União e formalmente informado ao Congresso.
           

Reciclando Ideias: as embalagens

São Luís, 26 de maio.
Por Paiva Silva



video

           O Reciclando ideias desta semana traz uma criativa animação sobre as embalagens.
            O que você anda fazendo com as várias embalagens que leva para sua casa todos os dias? Está ciente dos riscos que elas trazem ao meio ambiente quando jogadas fora? Sabia que elas podem ter muitas utilidades depois de usadas?
            Você deve saber de tudo isso melhor que ninguém. Mas e aí, qual a sua parcela de contribuição para um planeta sustentável, melhor e assegurado para as futuras gerações?
                Assista ao vídeo. Reflita. Faça a sua parte!
             O Cermangue apoia essa ideia.



PRODUZIDO POR FABRICA DE ANIMAÇÃO
Animação produzida para a revista Professor Sassá
CONTATOS:
fabricadeanimacao@gmail.com

Licença:

Licença padrão do YouTube


quarta-feira, 23 de maio de 2012

Crime ambiental: loteamento aterra área de manguezal no Recife


Imagem: JC online
            Área de 2 mil metros quadrados de mangue está sendo aterrada no Jiquiá, Zona Oeste do Recife, provavelmente para dar lugar a um loteamento irregular. O terreno, na esquina das Ruas Jaguaruana e Príncipe da Beira, teve várias árvores derrubadas nos últimos três meses, apesar da atuação da Brigada Ambiental. São mangues-brancos, muitos deles com quase 30 metros de altura.
            Moradores informam que o lugar é alvo de especulação imobiliária. “É tipo uma grilagem. O pessoal vem e derruba e divide os lotes para depois vender”, declara João Bento Júnior, que há sete anos vive na rua Jaguaruana.
        Ele e outros vizinhos dizem que agentes da Brigada Ambiental, vinculada à prefeitura, vistoriam a área quase diariamente. “Faz três meses que tá esse vaivém. Os guardas flagram, mas, quando eles vão embora, o pessoal volta a atuar”, relata o mecânico José Carlos Alves de Miranda, morador da Rua Príncipe da Beira.
Fonte: JC Online

terça-feira, 22 de maio de 2012

Cermangue retorna a Apicum-Açu


São Luís, 22 de maio.
Cermangue realiza atividades do Projeto Manguezal em Apicum_Açu.

Por Paiva Silva

Capacitação para os professores

                Nos dias 18 e 19 de maio, o Centro de Recuperação de Manguezais (Cermangue) esteve mais uma vez em Apicum-Açu para realizar atividades do Projeto Manguezal. 
           A agenda do Cermangue no município no fim de semana incluiu reunião com secretários, coordenadores e professores da rede municipal que são colaboradores do projeto.
Reunião com gestores e professores
            Coleta de sedimentos na praia, oficina de capacitação para professores e exibições do cine socioambiental “Curta o Mar” rechearam a programação dos dois dias.
           O retorno do centro a Apicum-Açu está previsto para a primeira semana do mês de junho.
Confira mais matérias sobre a viagem, aqui no blog, durante a semana.
 Redação: Paiva Silva
Imagens: Arquivo Cermangue

terça-feira, 15 de maio de 2012

Coordenadora do Cermangue participa da 63ª Reunião Ordinária do FNMA


São Luís, 15 de maio.
Por Paiva Silva.


         Flávia Mochel, Coordenadora do Centro de Recuperação de Manguezais, esteve em Brasília participando, já na condição de Conselheira, da  63ª Reunião Ordinária do Conselho Deliberativo do Fundo Nacional do Meio Ambiente (FNMA), realizada nos dias 10 e 11 de maio.
          No dia 9, houve uma reunião de contextualização para os novos conselheiros, com o objetivo de apresentar o FNMA, sua história, funcionamento, estrutura, e desafios. E à tarde, aconteceu a reunião de transição entre os conselheiros representantes da Sociedade Civil do mandato anterior e do atual.
Flávia Mochel entre os conselheiros representantes da Sociedade Civil.
            Nos dias 10-11 de maio, foi realizada a 63ª Reunião Ordinária do Conselho Deliberativo. 
Redação: Paiva Silva
Fotos: Arquivo Flávia Mochel

segunda-feira, 14 de maio de 2012

Cermangue dá aula de educação ambiental à criançada


São Luís, 14 de maio.
Por Paiva Silva.
          Durante os preparativos para a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia  (SNCT), realizada em outubro de 2011, membros do cermangue aproveitaram a ida ao manguezal para coleta de material e deram uma aula para crianças que passavam férias em São Luís.  
            Enquanto brincavam no mangue, os pequeninos eram ensinados sobre o ecossistema manguezal, bem como os cuidados que devem ter com o meio ambiente. Foram momentos de pura diversão com muita aprendizagem, ingredientes que o Cermangue sempre tenta levar por onde passa.

Diana Rebelo                              Brian Mochel


quinta-feira, 10 de maio de 2012

Cermangue inicia implantação de projeto em Luís Domingues


Cermangue inicia diálogo sobre projeto de educação ambiental na cidade de Luís domingues.
Por Paiva Silva.   
São Luís, 10 de maio.
       
Flávia Mochel em palestra a professores
e estudantes
             Nos dias 05, 06 e 07 de maio, O cermangue esteve em Luís Domingues para dar início à implantação do Projeto de Educação Ambiental no município. A visita teve uma programação voltada para a apresentação do projeto às autoridades locais, com palestras para alunos e professores da rede municipal, Secretários de Meio Ambiente e da Agricultura, e uma reunião do Centro de Recuperação de Manguezais com professores e secretários, onde iniciaram o planejamento das ações a serem desenvolvidas pelo centro.



Alunos em atividades oceanógrafas
 embarcadas
            No segundo dia de atividades, a equipe embarcou para conhecer o estuário local, indo até a ilha de Boa Vista, onde os alunos realizaram atividades oceanógrafas embarcadas, como arrasto de draga, lançamento de busca-fundo na coleta de sedimentos para análise de salinidade e profundidade. E em seguida desembarcaram na comunidade, onde conversaram com alguns moradores e seguiram em busca de apicuns _ objeto de estudo do aluno de mestrado, Fabrício Ferreira, orientando da professora Flávia Mochel.

            No terceiro e último dia, a equipe realizou busca de apicuns por via terrestre no manguezal e numa faixa de floresta amazônica, local onde se encontra um sítio arqueológico de um antigo quilombo.
            O objetivo do Centro é desenvolver, no município, o trabalho de mestrado do aluno Fabrício, cujo título é “Caracterização dos Manguezais e Apicuns como subsídio para a sustentabilidade socioambiental do município de Luis Domingues-MA” e, ao mesmo tempo, trabalhar com Educação Ambiental, como já vem fazendo em Apicum-Açu.

Mais imagens na galeria de fotos.

Redação: Paiva silva
Fotos: Flávia Mochel

quarta-feira, 9 de maio de 2012

Ministério do Meio Ambiente planeja ações do Programa Água Doce


Por Rafaela Ribeiro
Notícia alterada em 08/05/2012



            A falta de água potável no sertão nordestino está deixando de ser um problema sem solução. O Programa Água Doce - Água para Todos, coordenado pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA)  em parceria com instituições federais, estaduais, municipais e sociedade civil, estabele uma política pública permanente de acesso à água de boa qualidade para consumo humano.
            A Secretaria de Recursos Hídricos e Ambiente Urbano do MMA promove, até hoje, quarta-feira (09/05), uma oficina de planejamento do Programa Água Doce, com a finalidade de compartilhar informações e estratégias relacionadas à execução dos convênios, planejar as ações de modo a efetivar e potencializar os objetivos, além de integrar as equipes e parceiros envolvidos.
ESCASSA E IRREGULAR
            A região do semiárido brasileiro ocupa 10% do território nacional e abriga população de 21 milhões de pessoas. Na maior parte do ano falta água, já que a ocorrência de chuvas é escassa e irregular. A água subterrânea, extraída de poços, é imprópria para consumo devido ao alto teor de sal.
            Proporcionar a essa população água boa para beber, tomar banho, irrigar plantas, criar peixes e alimentar animais virou realidade com a implantação da tecnologia que transforma água salobra em potável e reaproveita os resíduos do processo. A técnica ajuda a preservar o meio ambiente e gerar renda para os agricultores.
            Para melhorar a situação de falta de água potável no sertão do nordeste, ao longo dos anos foram instaladas nas comunidades rurais máquinas dessalinizadoras para tratar a água salgada e torná-la potável. Mas o que era para ser uma solução virou outro problema. Além da dificuldade de manutenção dos equipamentos, os dessalinizadores geram um concentrado salino ao fazerem o tratamento da água. O resíduo, ao cair no solo, torna a terra improdutiva e contamina o lençol freático.

quinta-feira, 3 de maio de 2012

Selestún: um paraíso protegido

Coordenadora do Cermangue visita Selestún.
São Luís, 03 de maio.




               Em viagem ao México, Flávia Mochel, Coordenadora do Cermangue, pôde conhecer as maravilhas das comunidades de Selestún e apreciar os belíssimos manguezais protegidos como reserva ecológica.
            O turismo é hoje uma das grandes vertentes da economia de Selestún. As praias, a sua gastronomia e o rio que corre para os manguezais fazem da cidade um dos destinos favoritos dos turistas. Outra fonte de renda dos moradores vem do artesanato, cuja parte da matéria prima é extraída do ecossistema manguezal.
            Celestún é uma pequena aldeia de pescadores localizada a duas horas da cidade de Mérida, um verdadeiro paraíso do litoral yucateco onde o visitante tem contato com a natureza e extensas praias virgens de cristalinas, águas para nadar e relaxar na sombra de um coqueiro.
         O porto de Celestún é famoso pelos exóticos flamingos e sua cor representa um espetáculo natural. A praia tem cor azul e muitos pelicanos, gaivotas, Martins-pescadores e outros pássaros que dão voos rasantes e ficam sobrevoando, em bando, os barcos onde os pescadores destripam os peixes. Um paraíso protegido. Um exemplo a ser seguido.


Redação: Paiva Silva
Fotos: Flávia Mochel

quarta-feira, 2 de maio de 2012

Reciclando Ideias: A àgua


            No quadro “Reciclando Ideias” desta semana, trazemos uma animação muito legal sobre a necessidade do consumo consciente da água. 
     Venha para esse time você também, e colabore para a sobrevivência do planeta.
            




Ficha Técnica: 

Categoria:

Tags:

Licença:

Licença padrão do YouTube